Escola com Filosofia!

 

Indaiatuba na VANGUARDA!

Obrigada à Profa. Jane Shirley Escodro Ferretti e ao Prefeito Sr. Reinaldo Nogueira por terem introduzido a disciplina de Filosofia na Grade Curricular do Ensino Básico da Rede Municipal de Ensino de Indaiatuba desde 1998, portanto, há 21 anos.

Por ocasião das intempéries na Educação, no nosso Brasil, em pleno 2019, felizmente, nós de Indaiatuba estamos na frente! Nós fazemos Filosofia !

Esse trabalho, que tem contribuído para a formação CULTURAL, CRÍTICA, MORAL e CIDADÃ das crianças e jovens da nossa cidade, nos enche de orgulho e se manterá sempre e cada dia mais aprimorado !

Parabéns a tod@s nós, professor@s e ex-professor@s, que constantemente nos dedicamos para que o estímulo ao PENSAR – autônomo, livre e responsável – seja o principal objetivo dessa disciplina e das nossas aulas!

Rosangila Romanin

Livros de Filosofia

Domínio Público
431 obras de Filosofia grátis para baixar!


http://www.dominiopublico.gov.br/…/ResultadoPesquisaObraFor…

Filosofia com crianças e para crianças! Filosofía para Niños – FpN. UNESCO

La Filosofía: Una Escuela de la Libertad” – PDF
Filosofia com crianças e para crianças.
Filosofía para Niños – FpN
ONU – UNESCO

unesco-logo

http://unesdoc.unesco.org/images/0019/001926/192689S.pdf

Filosofia com crianças e para Crianças. ‘Filosofía – Una Escuela de Libertad’. UNESCO

Filosofia – Una_Escuela_de_Libertad‘ – PDF

UNESCO

UNESCO faz Filosofia acessível a todos … | Das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura

Fonte: UNESCO faz filosofia acessível a todos … | Das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura

Daily Prompt 8: CLUMSY. ‘Pinky and The Brain’.

Pinky: spontaneous, gentle, happy and CLUMSY. He just does not think before acting and speaking! My students love him.

via Sugestão diária: Clumsy

https://dailypost.wordpress.com/prompts/clumsy/

Aula Inaugural 2016

Coruja ou Mocho?

As incríveis aves de rapina!

http://super.abril.com.br/ciencia/o-que-sao-aves-de-rapina

 

Desenho elaborado no Paint por LFT..

Desenho elaborado no Paint por LFT..

Blogue de Filosofia 2010. Liberdade de Pensamento e Expressão. Aulas e Lições para Pequen@s Filósof@s

 

Pensar é algo inquietante, sério e cansativo, mas que se faz necessário se quisermos minimizar as dificuldades durante a nossa existência.  A imagem do Cérebro, abaixo, parece indicar a árdua tarefa que deve acompanhar os seres humanos.

Visite o blogue. Sinta-se à vontade. Você é muito bem-vind@!

Profa. Maria Lúcia Dário

Fixo 5 (14). “NOSSA CANÇÃO”

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

NOSSA CANÇÃO

Autoria e Propriedade Intelectual: Profa. Maria Lúcia Dário/2000

Licenciatura Plena em Filosofia/PUCC-1990 MEC/SP: 181.789-LP

Refrão: Estudar é bom

     Estudar faz bem

Pensar é bom

Se divertir também  

Estrofe I: Amanhã vamos ao parque

Mas depois estudar

É preciso equilibrar 

Quem estuda vai pra frente

Quem não estuda vai pra trás

Para ter uma vida boa

É preciso estudar

Estrofe II: Aqui tem filosofia

Uma matéria pra pensar

Penso antes de agir

Penso antes de falar

Estudo filosofia

E não tem enrolação

Para o bem eu digo “- sim”

Para o mal eu digo “- não”

Estrofe III: As pessoas, estudamos (Ética)

E também os animais (Ética Animal)

Somos super camaradas

Com os dois falados atrás

As histórias, as amamos

Cada povo e país  (Antropologia)

É tão bom saber das ‘coisas’

A cidade conferir (Política)

Estrofe IV: Cientistas, estudamos… (Filosofia da Ciência)

E os artistas, nem dizer… (Filosofia da Arte)

Descobertas e Invenções

Novos mundos conhecer

Mas para sermos mais felizes

Só estudar é impossível

O equilíbrio é preciso

Divertir nossos sentidos

Em homenagem a todas as crianças que tenho conhecido ao longo dos últimos anos no Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de Indaiatuba – Indaiatuba.SP
Um imenso abraço a tod@s e boa sorte! É o que lhes deseja, hoje e sempre,
Profa. Maria Lúcia Dário

Fixo 6 (14). Aprendendo a se concentrar. Aprendendo a estudar. Pierluigi Piazzi

1943-2015

1943-2015

¨Treze Dicas para se Concentrar na Hora de Estudar¨

Pierluigi Piazzi

1. Não se contente em ler: escreva!
Segundo o professor e autor de livros com dicas para estudos Pierluigi Piazzi, é importante estudar escrevendo, e não só lendo. “Quem só lê perde a concentração. Quem escreve consegue entender o assunto e mantê-lo na mente”, explica ele.

2. Escreva à mão em vez de digitar.
Pesquisas já mostraram que os alunos que fazem isso aprendem mais do que quem só digita. “Você tem movimentos totalmente distintos para escrever cada letra a mão, mas isso não existe quando você está digitando. Isso faz com que mais redes neurais sejam ativadas no processo da escrita”, diz o professor.

3. Como saber o que vale colocar no papel.
Faça resumos, fichamentos e esquemas da matéria. Mas nada de ficar copiando todo o conteúdo dos livros. Para saber o que vale escrever, faça de conta que você está preparando uma cola para uma prova. Por ter pouco espaço e pouco tempo para consulta-la, é preciso ser conciso, mas ao mesmo tempo abordar os pontos principais. É disso que você precisa quando for estudar.

4. Revise a matéria que aprendeu em aula no mesmo dia.
Além de evitar acumular matérias, estudar o conteúdo visto em sala de aula no mesmo dia fará com que seu cérebro entenda que aquilo é importante e o memorize.

5. Estude sozinho.
Vamos combinar que, por mais legal que seja se reunir com os amigos para estudar, você acaba falando mais de outras coisas e as dúvidas permanecem. O professor Pierluigi é um grande defensor da ideia de que só se aprende mesmo no estudo solitário. “Estudar em grupo é útil se você for a pessoa que explica a matéria para os outros. Quem ouve não aproveita”, diz ele. A melhor dica para um bom estudo, aliás, e explicar a matéria para si mesmo.

6. Use as aulas para entender as matérias e tirar dúvidas.
Um erro comum, segundo o professor Pierluigi, é fazer dois cursinhos para ter um maior numero de aulas – o que realmente vai fazer diferença no vestibular é o momento em que você estuda sozinho, não o número de aulas que pegou. Mas isso não significa que vale cabular ou dormir nas aulas: elas são importantes para entender a matéria e tirar dúvidas.

7. Desligue todos os aparelhos eletrônicos.
Na hora de estudar, nada de deixar o celular por perto avisando você de cada notificação no Facebook. E nem caia na tentação de abrir o Facebook só por “dois minutinhos”. Esses dois minutinhos sempre se estendem e acabam com toda a sua concentração. Reserve um tempinho do seu dia só para as redes sociais e faça isso virar rotina para que se acostume a checá-la apenas nesse tempo específico.

8. Estude em um local organizado e tranquilo.
O resto da sua casa até pode ser uma bagunça, mas o local onde você costuma estudar precisa estar sempre organizado e silencioso. Ter muitas coisas espalhadas pode atrapalhar a sua concentração e há o risco de perder tempo procurando coisas que sumiram na bagunça.

9. Música? Só em línguas que você não entenda.
Não é proibido estudar ouvindo música – há quem precise dela para se concentrar. Mas evite ouvir músicas em idiomas que você entenda – isso pode fazer com que você desvie sua atenção para a letra e esqueça a matéria.

10. Use marca-texto.
Usar canetas coloridas e marca-texto para enfatizar os pontos principais é uma boa ajuda para manter o foco no que for importante, especialmente se você tem problemas mais sérios de déficit de atenção. Post-its também podem ser úteis.

11. Respeite seu tempo.
Se você é mais produtivo de manhã, deixe para estudar as matérias mais difíceis nesse período. Quando sentir que a concentração não está rolando de jeito nenhum, faça uma pequena parada e depois volte. Manter intervalos regulares é fundamental – e a frequência vai depender do seu ritmo.

12. Tenha uma programação organizada, mas seja flexível.
Use uma agenda ou quadro branco para organizar suas tarefas e respeite-a! Mas faça programações realistas para que você não se desanime. Definir que você vai estudar durante oito horas por dia se você tem várias outras atividades, por exemplo, não é algo razoável. E esteja aberto para mudanças, caso seja necessário.

13. Crie um pequeno ritual antes de estudar.
Sempre que for mergulhar nos estudos, crie e respeite um ritualzinho antes. Pode ser um alongamento, pegar um copo de suco para deixar na sua mesa, ou que mais achar melhor. Com o tempo, seu cérebro vai entender que é hora dos estudos e ficará mais fácil se concentrar.

http://canaldoensino.com.br/…/13-dicas-para-se-concentrar-n

Introdução à Filosofia. Curiosidades. Quem ganha essa luta: Orca x Tubarão Branco?

Desenvolvendo a Curiosidade

¨Por Uma Pedagogia da Pergunta¨ – Paulo Freire

— Professora, professora, quem vence a luta entre uma orca e um tubarão branco?

– Não sei, respondi, mas penso que é o tubarão. Vamos pesquisar?

— Sim, Pro!!

– E a resposta é: a orca! Vejam por quê.

http://mundoestranho.abril.com.br/materia/quem-vence-a-luta-entre-orca-e-tubarao-branco

LÓGICA. Sobre falácias!!

Guia das Falácias

Stephen Downes

Tradução e adaptação de Júlio Sameiro (Portugal)
¨O objectivo de um argumento é expor as razões (premissas) que sustentam uma conclusão. Um argumento é falacioso quando parece que as razões apresentadas sustentam a conclusão, mas na realidade não sustentam. Da mesma maneira que há padrões típicos, largamente usados, de argumentação correcta, também há padrões típicos de argumentos falaciosos. A tradição lógica e filosófica procurou fazer um inventário e dar nomes a essas falácias típicas e este guia faz a sua listagem.
  • Falácias da Dispersão (manobras de diversão)
    • Falso dilema (falsa dicotomia)
    • Apelo à ignorância
    • Derrapagem (bola de neve ou declive ardiloso)
    • Pergunta complexa
  • Apelo a Motivos (em vez de razões)
    • Apelo à força
    • Apelo à piedade
    • Apelo a consequências
    • Apelo a preconceitos
    • Apelo ao povo
  • Fugir ao Assunto (falhar o alvo)
    • Ataques pessoais
    • Apelo à autoridade
    • Autoridade anónima
    • Estilo sem substância
  • Falácias Indutivas
    • Generalização precipitada
    • Amostra não representativa
    • Falsa analogia
    • Indução preguiçosa
    • Omissão de dados
  • Falácias com regras gerais
    • Falácia do acidente
    • Falácia inversa do acidente
  • Falácias causais
    • Post hoc
    • Efeito conjunto
    • Insignificância
    • Tomar o efeito pela causa
    • Causa complexa
  • Falhar o alvo
    • Petição de princípio
    • Conclusão irrelevante
    • Espantalho
  • Falácias da ambiguidade
    • Equívoco
    • Anfibologia
    • Ênfase
  • Erros categoriais
    • Falácia da composição
    • Falácia da divisão
  • Non sequitur
    • Falácia da afirmação da consequente
    • Falácia da negação da antecedente
    • Falácia da inconsistência
  • Falácias da explicação
    • Inventar factos
    • Distorcer factos
    • Irrefutabilidade
    • Âmbito limitado
    • Pouca profundidade
  • Erros de Definição
    • Definição demasiado lata
    • Definição demasiado restrita
    • Definição pouco clara
    • Definição circular
    • Definição contraditória

POLÍTICA. Pensando na cidade de Indaiatuba.

 

Paulo Freire – “Por uma Pedagogia da Pergunta”

QUEM É CURIOSO SABE MAIS

Sobre o Parque Temático…

Os brinquedos são quentes e duros? (R.B.O.)
Como eles conseguem construir essas coisas? (N.G.S.)
Como foi feito este jardim? (L.I.L.C.)
A joaninha está viva? (T.S.G.S.) Onde é esse lugar? (E.G.N.)
Por que a joaninha é tão grande? (A.S.)
A grama é de verdade? (A.G.H.)
Os elefantes estão segurando o balanço? (A.N.P.)
Que flor é aquela, lilás? (J.L.L.)
Aquilo é um rio? (K.F.G.)
O rio é muito poluído? (S.R.S.)
Aí tem estação de tratamento de água? (Q.D.O.)
Custou caro fazer este jardim? (J.J.L.)
De quem é esse jardim? (R.J.J.)
Lá atrás tem uma formiga? (G.Z.S.)
Aquela árvore está na água? (D.A.M.S.)
Ali embaixo, são elefantes ou mamutes? (A.C.P.L.)
Quem plantou tantas árvores? (B.E.R.S.)

ÉTICA. Crianças no México. PENSANDO nas outras pessoas e AJUDANDO-AS.

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

Crianças em uma cidade do México têm de ir à escola montadas em burricos.

Perguntas:
1- QUANDO ELE CHEGA NA ESCOLA, ONDE FICA O BURRICO? (VMSR)
2- COMO O BURRICO SE CHAMA? (LAS)
3- POR QUE O ALUNO VAI À ESCOLA COM O ANIMAL? (GRPR)
4- COMO O ALUNO O CONSEGUIU? (BKC)
5- ELE É OBRIGADO A IR ASSIM? (JUU)
6- SERÁ QUE O BURRO É UM TRANSPORTE BOM PARA ESTUDANTES? (JRS)
FILOSOFIA: ENSINANDO AS CRIANÇAS A DESENVOLVEREM A SUA CURIOSIDADE. QUEM é CURIOS@, APRENDE MAIS.
Folha de S.Paulo originalmente compartilhou esta postagem:
Em cidade do México, estudantes usam burros para ir à escola; veja vídeo. http://folha.com/no1151736 Fornecidos pelo governo para trabalharem em fazendas, os animais também cumprem o papel de ônibus escolar.