Barcelona x Real Madri. ‘Cargas, fuego, barricadas y una docena de heridos mientras se disputaba el Clásico en el Camp Nou.’

Los aledaños del Camp Nou se convirtieron en escenario de altercados durante la celebración del Clásico. Los Mossos D’Escuadra se vieron obligados a cargar contra los manifestantes más radicales, en la zona de la Travessera de Les Corts, mientras dentro del estadio Barcelona y Real Madrid empataban a cero.

Fonte: Cargas, fuego, barricadas y una docena de heridos mientras se disputaba el Clásico en el Camp Nou

Pobres mulheres maltratadas! ‘Advogados apontam possíveis desdobramentos da prisão do goleiro Jean.’ — VEJA

O goleiro Jean, do São Paulo, preso nesta quarta-feira 18 nos Estados Unidos pela acusação de agredir sua esposa, Milena Bemfica, durante uma viagem de férias, pode enfrentar problemas com a Justiça brasileira e americana dizem advogados ouvidos por VEJA. De acordo com o boletim da prisão, divulgado pelo Condado de Orange, na Flórida, o jogador deu oito socos…

via Advogados apontam possíveis desdobramentos da prisão do goleiro Jean — VEJA

Violência policial!

Isto é o Brasil: um país violento.

Brasil: país sem segurança. ‘Brasil teve 63.880 mortes violentas intencionais em 2017’. | EXAME

Número do ano é salto de 2,9 por cento em relação ao mesmo período de 2016, o que resulta em média diária de mortes violentas intencionais de 175 pessoas

Fonte: Brasil teve 63.880 mortes violentas intencionais em 2017 | EXAME

Brasil: país de homens VIOLENTOS e de mulheres sem AMOR-PRÓPRIO.

Crueldade Humana

ATIVIDADES de FILOSOFIA
Leia o artigo abaixo.
Faça perguntas, desenvolvendo a sua curiosidade.
Dê uma opinião pessoal, desenvolvendo as ideias próprias.
Debates.


O rapper e youtuber mexicano conhecido como QBA confessou ter dissolvido em ácido os corpos de três estudantes de cinema assassinados por membros de um cartel. O crime chocou o país. QBA ou Christian Omar “N” foi um dos dois detidos pelos assassinatos de Salomón Aceves Gastélum, de 25 anos, Daniel Díaz, de 20, e…

via Rapper mexicano confessa ter dissolvido corpos de estudantes em ácido — VEJA.com

Entradas Mais Antigas Anteriores