Ética. Pensando nas PESSOAS para AJUDÁ-LAS. ‘Favela Surf Clube’. Arpoador. RJ. ‘A onda que quebrou preconceitos’. Série ao Fundo 

Brasil: país sem segurança pública!

ATIVIDADES de FILOSOFIA
Leia o artigo.
Faça perguntas, desenvolvendo a sua curiosidade.
Dê uma opinião pessoal, desenvolvendo as ideias próprias.
Debates.


Um motorista da Uber foi assassinado nesta quarta-feira (18) quando entrou por engano em uma favela de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Temendo um ataque de rivais, criminosos da comunidade Palmeira, que fica no bairro Fonseca, dispararam contra o Cobalt branco dirigido por David Francis Silva Soares, de 38 anos. Os traficantes…

via Motorista da Uber é morto ao entrar em comunidade de Niterói (RJ) — VEJA.com

Intervenção militar necessária no Rio.

Muita arte e emoção nos sambas de enredo do Rio de Janeiro.

‘O homem que vive dentro de um castelo de areia em plena praia no Rio.’ – BBC Brasil

Marcio Mizael Matolias mora há 22 anos no local; ele diz que seu estilo é inspirado em Niemeyer e Gaudí.

Fonte: O homem que vive dentro de um castelo de areia em plena praia no Rio – BBC Brasil

Rio de Janeiro em GUERRA, como nunca.

rio-de-janeiro-favelas-guerra

Brasil: país sem segurança pública.
Rio de Janeiro em GUERRA.

https://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/tiroteio-na-rocinha-deixa-clima-tenso-nos-arredores-da-comunidade.ghtml

Política e Economia. Brasil, um país sem segurança pública. ‘Com um roubo de caminhão por hora, preço do frete para o Rio sobe até 35%.’ – Economia – Estadão

Ocorrências de roubo de carga no Rio de Janeiro aumentaram 25% no primeiro semestre, afetando custos de logística, vendas da indústria e do comércio; 40 transportadoras faliram nos últimos meses e já há risco de desabastecimento.

Fonte: Com um roubo de caminhão por hora, preço do frete para o Rio sobe até 35% – Economia – Estadão

Filosofia da Arte. Pintura. Leopoldo Gotuzzo

Arcos da Lapa, 1946 Leopoldo Gotuzzo (Brasil, 1887-1983) óleo sobre tela, 28 x 32 cm

via Rio de Janeiro, minha cidade natal! — Peregrinacultural’s Weblog

Pobres policiais, meu Deus!

Um grupo de policiais militares voltou a fazer policiamento ostensivo nas ruas da Grande Vitória mo final da tarde deste sábado. Todos os PMs receberam a convocação do comando-geral da Polícia Militar para se apresentarem às 16h em três pontos da cidade. Os que se apresentam fardados já saíram para trabalhar. O retorno ao trabalho…

via Após apelo de ministro, PMs começam a voltar às ruas em Vitória — VEJA.com

Brasil feio!

“Enquanto os políticos tentam desesperadamente se salvar da Lava Jato, os militares já intervêm no Espírito Santo e o Rio de Janeiro se converte em praça de guerra”, diz o jornalista Leonardo Attuch, editor do 247; ele lembra ainda que dois dos principais políticos do Rio, o governador Luiz Fernando Pezão, do PMDB, e o […]

via O Brasil colapsou | Brasil 24/7 — O LADO ESCURO DA LUA

Ética e Política. ¨Nos Xogos Olímpicos de Rio de Janeiro…¨. Helena Villar Janeiro

Nos Xogos Olímpicos de Rio de Janeiro –os xornalistas do deporte non dan pronunciado un nome tan difícil, porque non está en inglés- atletas e deportistas do mundo rememoraron aqueles Xogos da Grecia antiga en honra aos deuses maiores do Olimpo, que se celebraban cada catro anos. Olimpíada era esa unidade de tempo que mediaba…

via OS TERCEIROS OLIMPÍCOS — Tirar do fío

Antropologia e Filosofia da Arte. A trajetória do FUNK em São Paulo. Hermano Vianna

‘Há quase 30 anos o antropólogo, Hermano Vianna, começou uma pioneira investigação sobre a cultura dos bailes de sua cidade que foi se transformar no livro “O mundo funk carioca” (inspiração, aliás, para o título deste especial). Desde então, as batidas do gênero já foram bem além das fronteiras do subúrbio do Rio, ganharam uma cara própria na rival São Paulo e continuam a se transmutar.’

http://especiais.g1.globo.com/sao-paulo/o-mundo-funk-paulista/qual-o-futuro-do-funk.html

REFLEXÕES

1- Dentre os gêneros musicais mais à frente, qual o seu preferido: Rock, Pagode, Forró, Funk, Sertanejo, Clássico, Rap, Pop ou HipHop? Por quê?

2- Qual a preferência musical da sua família? Será que isso interfere na sua preferência também?

3- Você frequenta bailes onde o seu gênero musical favorito é tocado?

4- Entre o Sertanejo e o Pagode, que são brasileiros, qual você escolheria? Por quê?

5- Por que muita gente diz que o Funk e o Rap são gêneros musicais ‘imorais’? O que faz com que as pessoas tenham esta ideia?

6- Você gostaria de compor um Rap? Qual seria o tema central?

Em seguida, elenque algumas perguntas para os debates em sala de aula.

Quem é curioso sabe mais. Quem é curioso vai mais longe.

‘Por Uma Pedagogia da Pergunta’

Paulo Freire

ANTROPOLOGIA. Costumes e Tradições de Cada Lugar. O Saara, no Rio de Janeiro!

Conhecido como o grande Comércio Popular de Rua, no Rio de Janeiro, o Saara oferece mercadorias a preços como os do Comércio Popular da Rua 25 de Março, em São Paulo. Quem se interessar em conhecer mais sobre este lugar tão peculiar dos cariocas é só dar uma lida neste post, originalmente do blogue amigo sigavalemais.com.br.

http://sigavalemais.com.br/2015/01/21/achados-de-verao-no-saara/

temnomeuquintal.com

temnomeuquintal.com

Política. Pensando na ‘PÓLIS’ – cidade ou país. SEGURANÇA PÚBLICA

Ontem, dia 13-07-2014, na final da Copa do Mundo, havia 26.000 pessoas, entre Policiais Militares, da Força Nacional e do Exército, para garantir a segurança do Maracanã e de seus visitantes. O Secretário do Rio de Janeiro, Beltrame, afirmou nunca ter visto tanto empenho para um único evento no Brasil.
Pois, que nunca nos esqueçamos de exigir dos governantes, da esfera municipal, estadual ou federal, o direito à segurança no nosso dia a dia.

Que haja segurança SEMPRE e PARA TODOS !
http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-07-11/beltrame-esquema-de-seguranca-sera-o-maior-que-o-pais-ja-viu.html

POLÍTICA. Pensando na ‘pólis’ (cidade/país) e ajudando-a. As duas maiores cidades brasileiras, RIO DE JANEIRO e SÃO PAULO, cansadas, rendidas, submissas, humilhadas.

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

Somente na semana que passou, TRÊS ARRASTÕES que impressionaram: dois, nas praias cariocas, ainda que o verão nem tenha começado; e, outro, nos congestionamentos da Marginal do Tietê, após protestos por uma reintegração de posse. As duas maiores cidades brasileiras, RIO DE JANEIRO e SÃO PAULO, estão cansadas, rendidas, submissas, humilhadas.

Presidenta Dilma Rousseff, coloque as Forças Armadas nas ruas para defender os cidadãos de bem do Brasil, da mesma forma como procedera outro dia, chamando homens do Exército para garantir a paz e a ordem durante o leilão dos poços do Pré-Sal*. Nós não temos mais nenhuma segurança pública. Tampouco podemos comprar carros blindados ou helicópteros para nos locomover. Nós estamos ao léu. Ajude-nos. É sua obrigação.

QUEM TIVER JUÍZO, FIQUE LONGE DO BRASIL.

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/11/1375609-apos-arrastoes-agentes-infiltrados-vao-agir-na-orla-do-rio.shtml

noticias.r7.com

http://noticias.r7.com/cidade-alerta/comandante-hamilton/motoristas-enfrentam-arrastao-durante-protestos-na-marginal-tietesp/

http://cbn.globoradio.globo.com/sao-paulo/2013/11/22/BANDIDOS-FAZEM-ARRASTAO-NA-MARGINAL-TIETE-APOS-BLOQUEIO-POR-PROTESTO.htm

*http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-10-20/exercito-ja-ocupa-frente-de-hotel-onde-ocorrera-leilao-do-pre-sal

Política. BRASIL: PAÍS SEM SEGURANÇA PÚBLICA! Flagrante: polícia evita linchamento de suspeitos após arrastão em Ipanema – Notícias – R7 Rio de Janeiro

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

BRASIL2013

¨ARRASTÃO¨(ASSALTO PRATICADO POR UMA CORJA) NA PRAIA DE IPANEMA.  RIO DE JANEIRO

Flagrante: polícia evita linchamento de suspeitos após arrastão em Ipanema – Notícias – R7 Rio de Janeiro.