NASA – Furacão Florence – YouTube

Anúncios

‘Sarampo mata e mata porque as pessoas não tomam vacina.’ — Mílton Jung

Abro o portal G1 para ler a cobertura da Copa do Mundo e antes mesmo de correr os olhos sobre a análise dos jogos que definiram as quartas-de-final com Brasil e Bélgica tenho a atenção desviada para a notícia de que o sarampo volta a assustar: os estados do Amazonas e Roraima estão […]

via Sarampo mata e mata porque as pessoas não tomam vacina — Mílton Jung

‘Eles são mais resistentes do que a ciência imaginava.’ — Superinteressante

Jacarés em praias, focas em mares quentes, leões da montanha em pradarias, orangotangos fora de florestas, lontras marinhas em pântanos. Esse tipo de fenômeno costuma estar ligado à degradação ambiental. Mas talvez não seja o caso. É o que concluiu um estudo. da Universidade Duke, nos EUA. Eles atestaram que jacarés, lontras e outros predadores estão apenas…

via Eles são mais resistentes do que a ciência imaginava — Superinteressante

‘Finalmente descobrimos por que a água não se comporta como nenhum outro líquido conhecido.’ Hipescience

Não parece, mas a água é super estranha em comparação com outros líquidos. Agora, cientistas acreditam ter descoberto por quê.

Fonte: Finalmente descobrimos porque a água não se comporta como nenhum outro líquido conhecido

Pesquisa científica: ‘Pela primeira vez, cientistas monitoram macho de onça-pintada em SP.’ — EXAME

ATIVIDADES de FILOSOFIA
Leitura do artigo.
 Faça uma pergunta, desenvolvendo a sua curiosidade;
Dê uma opinião pessoal, desenvolvendo as ideias próprias.
Debates.


São Paulo – Uma jovem onça-pintada caminha pelas entranhas do Parque Estadual Carlos Botelho, um maciço florestal de 375 quilômetros quadrados na região do Vale do Ribeira, no sudeste do Estado de São Paulo. Três meses atrás, ela rondava a área urbana de Juquiá, 35 km ao sul; e, antes disso, passeava por entre plantações…

via Pela 1ª vez, cientistas monitoram macho de onça-pintada em SP — EXAME

‘Cientistas recriam DNA de homem morto há 200 anos.’ — EXAME

Não chega a ser uma versão humana de Jurassic Park, mas está quase lá. O DNA de um homem que morreu na Islândia em 1827 foi parcialmente recriado em laboratório a partir dos genes “disponíveis” em 182 de seus descendentes. O escolhido para voltar à vida, ainda que em escala molecular, é um ícone local, que…

via Cientistas recriam DNA de homem morto há 200 anos — EXAME

CIêNCIA HOJE

Atenção, criançada!

Terceiro e-book interativo da CHC já está disponível para baixar. É gratuito!

Fonte: CIENCIA HOJE

Entradas Mais Antigas Anteriores