É de assustar mesmo… ‘Decreto que facilita posse de armas exclui sugestões de Moro.’ | EXAME

Texto encaminhado pela equipe do ministro Sérgio Moro previa, por exemplo, apenas duas armas por pessoa — e não quatro.

Fonte: Decreto que facilita posse de armas exclui sugestões de Moro | EXAME

Anúncios

Governo MARIA-VAI-COM-AS-OUTRAS.

Governo ‘MARIA-VAI-COM-AS-OUTRAS’.
Estou aguardando os pronunciamentos do filósofo e ministro da EDUCAÇÃO do Brasil, Ricardo Velez Rodriguez, colombiano, com ‘sotaque espanhol’, claro, num país de língua portuguesa. Ou deveria ser com o ‘sotaque inglês’, de Trump? Ou com o ‘sotaque hebraico’, de Benjamin Netanyahu? 
Colômbia… USA… Israel…

Bolsonaro promete decreto para liberar posse de arma a pessoas sem ficha criminal. Cotidiano – Folha

​A três dias de tomar posse como presidente, Jair Bolsonaro (PSL) afirmou neste sábado (29) que pretende assinar um decreto para permitir a posse de arma de fogo a todas as pessoas sem ficha criminal.

Fonte: Bolsonaro promete decreto para liberar posse de arma a pessoas sem ficha criminal – 29/12/2018 – Cotidiano – Folha

Gastos do novo governo.

Bad Boy Preto

Imagem

Muito triste. ‘Brasil, um país do passado.’ | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 28.11.2018

No Brasil, está na moda um anti-intelectualismo que lembra a Inquisição. Seus representantes preferem Silas Malafaia a Immanuel Kant. Os ataques miram o próprio esclarecimento, escreve o colunista Philipp Lichterbeck.

Fonte: Brasil, um país do passado | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 28.11.2018

‘Após bancada evangélica vetar educador, Bolsonaro anuncia colombiano para Educação.’ – Política – Estadão

Escolhido o Ministro da Educação. Desanimador. Um tapa na cara dos excelentes Educadores brasileir@s!

‘O colombiano Ricardo Vélez Rodríguez é crítico do Enem, do PT, diz que é preciso ‘refundar’ a Pasta e demonstra afinidade com o projeto Escola sem Partido.’

Fonte: Após bancada evangélica vetar educador, Bolsonaro anuncia colombiano para Educação – Política – Estadão

Entradas Mais Antigas Anteriores