Filosofia da Arte. MÚSICA. Fito Paez – ‘Un Vestido y Un Amor’

Fito Paez

Filosofia da Arte. Pensando nas ARTES: expressões da IMAGINAÇÃO, da CRIATIVIDADE e dos SENTIMENTOS HUMANOS. Silvia Pérez Cruz. Catalunha

Política. Pensando na ‘PÓLIS’, cidade ou país. Cálice – Renato Braz, Breno Ruiz, Chico Buarque, Mílton Nascimento, Roberto Leão e Mário Gil.

Filosofia da Arte. Pensando nas ARTES: expressões da IMAGINAÇÃO, da CRIATIVIDADE e dos SENTIMENTOS humanos. Madredeus – O Pastor 

DAFT PUNK

Jaime Alem

Caetano Veloso e Seu Jorge

Roberta Sá e Ney Matogrosso

Ana Carolina e Luiz Melodia

Uxía e Tannus

Maria Bethânia e Jaime Alem

Vídeo

M80 – 25 anos! Muito obrigada. ‘A los platos… ¡Diego Guerrero! – El reconocido chef ficha por M80.’ – YouTube

Humbiumbi. Música Folclórica Angolana

Música: Humbiumbi
Filipe Mukenga – gravado por Djavan

Humbiumbi yange yelela tuende
Kakele katchimbamba
Osala posi.

Vakuene vayelela yelela tuende
Kakele katchimbamba
Osala posi.

Tradução

Meu humbiumbi levanta voo e vamos
Coitados dos katchimbamba
Que se arrastam no chão.

Teus companheiros voam levanta voo e vamos
Coitados dos katchimbamba
Que se arrastam no chão.

Humbiumbi – espécie de pássaro que voa alto.
Katchimbamba – ave que vive no chão e voa baixo e muito pouco.

Filosofia da Arte. Pensando nas ARTES: na EXPRESSÃO da IMAGINAÇÃO, da CRIATIVIDADE e dos SENTIMENTOS HUMANOS. Moska

Filosofia da Arte Pensando nas ARTES: expressões da IMAGINAÇÃO, da CRIATIVIDADE e dos SENTIMENTOS humanos. Mallu Magalhães

Filosofia da Arte. Zélia Duncan. Pensando no Brasil

Ouvindo Zélia Duncan no Metrópolis, da TV Cultura. Boa-noite.

Grandes artistas que moram na rua!

Daily Prompt 28: Crossing

A famous song by Caetano Veloso, ‘Sampa’, inspires me to talk about CROSSING. I hope to please my followers on the blog.

via Sugestão diária: Crossing

https://dailypost.wordpress.com/prompts/crossing/

Daily Prompt 14: Song. NARF. ‘Santiago’

Más morriñas.

via Sugestão diária: Song

Filosofia da Arte. Música. Beethoven

Filosofia da Arte. Música. Eruditos ou populares fazem da música um show de emoções.

O que é arte?

Toda arte é útil?

Toda arte é bela?

Filosofia da Arte. Música Clássica Brasileira. Heitor Villa-Lobos

Boa-noite (fria, em São Paulo), amigos blogueiros!

O Trenzinho do Caipira. Heitor Villa-Lobos

Antropologia e Filosofia da Arte. A trajetória do FUNK em São Paulo. Hermano Vianna

‘Há quase 30 anos o antropólogo, Hermano Vianna, começou uma pioneira investigação sobre a cultura dos bailes de sua cidade que foi se transformar no livro “O mundo funk carioca” (inspiração, aliás, para o título deste especial). Desde então, as batidas do gênero já foram bem além das fronteiras do subúrbio do Rio, ganharam uma cara própria na rival São Paulo e continuam a se transmutar.’

http://especiais.g1.globo.com/sao-paulo/o-mundo-funk-paulista/qual-o-futuro-do-funk.html

REFLEXÕES

1- Dentre os gêneros musicais mais à frente, qual o seu preferido: Rock, Pagode, Forró, Funk, Sertanejo, Clássico, Rap, Pop ou HipHop? Por quê?

2- Qual a preferência musical da sua família? Será que isso interfere na sua preferência também?

3- Você frequenta bailes onde o seu gênero musical favorito é tocado?

4- Entre o Sertanejo e o Pagode, que são brasileiros, qual você escolheria? Por quê?

5- Por que muita gente diz que o Funk e o Rap são gêneros musicais ‘imorais’? O que faz com que as pessoas tenham esta ideia?

6- Você gostaria de compor um Rap? Qual seria o tema central?

Em seguida, elenque algumas perguntas para os debates em sala de aula.

Quem é curioso sabe mais. Quem é curioso vai mais longe.

‘Por Uma Pedagogia da Pergunta’

Paulo Freire

Filosofia da Arte. Música. Vinícius de Moraes e Toquinho

A Porta

Eu sou feita de madeira
Madeira, matéria morta
Mas não há coisa no mundo
Mais viva do que uma porta.

Eu abro devagarinho
Pra passar o menininho
Eu abro bem com cuidado
Pra passar o namorado
Eu abro bem prazenteira
Pra passar a cozinheira
Eu abro de supetão
Pra passar o capitão.

Só não abro pra essa gente
Que diz (a mim bem me importa…)
Que se uma pessoa é burra
É burra como uma porta.

Eu sou muito inteligente!
Eu fecho a frente da casa
Fecho a frente do quartel
Fecho tudo nesse mundo
Só vivo aberta no céu!

http://letras.mus.br/vinicius-de-moraes/87211/

FILOSOFIA da ARTE. MÚSICA. O funk da COPA! Um funk com a cara do Brasil.

E a Copa tá chegando!

Em homenagem a ela, um funk decente, lindo, cantado por inúmer@s alun@s, com o coração.

Parabéns, MC GUIMÊ.

Olha aí a malandragem… Retrato do Brasil!

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

 

Vídeo de Bezerra da Silva

A vida, a cultura e a gente dos morros cariocas.

“E… como pobre não podia mesmo ser inteligente, tornou-se apenas ‘malandro’.”

http://danielmcarlos.wordpress.casiom/2012/09/15/olha-asi-malandragem/#comment-171

Bezerra da Silva