‘Os efeitos da migração para a Alemanha: o dobro de sem-teto.’ — VEJA.com

A onda imigratória na Europa dos últimos quatro anos fortaleceu partidos xenófobos de vários países. Do ponto de vista econômico, o repúdio aos estrangeiros é exagerado: o fenômeno sequer alterou os índices de desemprego. Mas é inegável que a paisagem de muitas cidades europeias mudou. Segundo um estudo da Federação Europeia de Organizações Nacionais que…

via Os efeitos da migração para a Alemanha: o dobro de sem-teto — VEJA.com

Citação

‘Ludmilla processa apresentador que a chamou de macaca e reclama da lentidão da Justiça.’ – Emais – Estadão

Cantora se sentiu ofendida por Marcão do Povo, do SBT, e abriu um processo contra ele.

Fonte: Ludmilla processa apresentador que a chamou de macaca e reclama da lentidão da Justiça – Emais – Estadão

Ética. ¨A história da foto de mulher parada em frente a tropa de elite que virou símbolo de tensão racial nos EUA¨ – BBC Brasil

Dezenas de manifestantes foram presos no domingo em Baton Rouge, entre elas a mulher da foto, identificada mais tarde como uma jovem mãe que vive em Nova York.

Fonte: A história da foto de mulher parada em frente a tropa de elite que virou símbolo de tensão racial nos EUA – BBC Brasil

Ética. ‘A primeira dificuldade para ser negro no Brasil é viver’, diz ativista do movimento negro – Emais – Estadão

A cada 23 minutos, um jovem negro é morto no País

Fonte: ‘A primeira dificuldade para ser negro no Brasil é viver’, diz ativista do movimento negro – Emais – Estadão

Ética. Racismo. Neymar Júnior, um serviçal pardo do Barcelona, não um ídolo.

Não importa quão capaz e talentoso seja Neymar Júnior, nem quantas alegrias dê ao seu time, hoje a sua raça foi lembrada novamente e acabou sendo ofendido em campo. Então eu penso: não é só o Brasil ou os brasileiros que não têm jeito, é o mundo inteiro que é antiético, falso, corrompido. Enquanto isso, mais uma relação explorador-explorado-explorador torna-se realidade.

Neymar

Ética. Abolição da Escravatura (1888)

Em memória do dia 13 de Maio de 1888: Abolição da Escravatura no Brasil!
Pena que muitos preconceitos contra os negros e os afrodescendentes se mantenham; pena que muitas atitudes racistas permaneçam, ainda que o racismo seja crime inafiançável.
Pesquisas mostram que as pessoas negras e seus descendentes ainda têm menores salários do que os de outras raças e que ainda ocupam menos cargos públicos e políticos em função de sua herança genética.
Barbaridades do século XXI. Haveremos de vencê-las!

Ética. Racismo contra o jogador Tinga, do Cruzeiro, na Copa Libertadores da América.

Infelizmente, ontem, no jogo entre o Cruzeiro (Brasil) e o Real Garcilazzo (Peru), pela Copa Libertadores da América, mais uma vez se contou com a presença do racismo no futebol. Imitando o som de macacos, torcedores peruanos humilharam o jogador brasileiro do Cruzeiro, Tinga, durante a partida. O que mais me chamou a atenção foi o profissionalismo do jogador, que ficou ‘firme’ até o final da partida, não reclamando a ninguém, nem respondendo aos torcedores. Que não falte punição aos criminosos peruanos!

Atividade: Elenquem suas perguntas para os debates em sala de aula.

http://esportes.terra.com.br/atletico-mg/kalil-critica-racismo-contra-tinga-tiraram-prazer-da-derrota-do-cruzeiro,e690c67f10924410VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html

ANTROPOLOGIA. ¨O Sítio do Pica-Pau Amarelo¨. Uma história brasileira racista?

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

A história do ¨Sítio do Pica-Pau Amarelo¨ é considerada uma joia da literatura infantil brasileira. Seu autor, Monteiro Lobato, cresceu em um ambiente rural, em um sítio do interior do estado de São Paulo, na cidade de Taubaté, local posteriormente idealizado como o cenário de sua história.

Outro dia, inesperadamente, lendo as ¨Reinações de Narizinho¨, notei que algumas falas da boneca, Emília, quando se referiam à Tia Nastácia, carregavam raiva, discriminação e, talvez, racismo.  Vocês poderiam me ajudar a pensar nisso?

1- Não é à toa que é preta como carvão.”

2- Não gosto de velhas, nem brancas nem pretas.”

3- Velha burrona e beiçuda, outro dia assassinou um parente do Rabicó.

4- Ela nasceu preta e ainda mais preta haverá de morrer.”

Agora, ao lermos juntos outros volumes da obra de Monteiro Lobato, gostaria que procurássemos frases que lhes pareçam conter ofensas aos personagens, Tia Nastácia e Tio Barnabé, seja devido à sua raça, à sua condição social ou até mesmo à sua idade.

Ao trabalho, garot@s!

Para consultar em casa: http://educacao.uol.com.br/noticias/2012/09/25/discussao-sobre-racismo-na-obra-de-monteiro-lobato-continua-hoje-em-reuniao-no-mec.htm
Desenho de Thiago Oliveira Sanitá

Desenho de Thiago Oliveira Sanitá. 2011