Direito-USP aprova reserva de vagas raciais via Enem 2017. | VEJA.com

O sistema de cotas, tão importante numa sociedade tão desigual!

 Para o próximo ano, 30% das vagas serão oferecidas via Sisu — dessas, 20% serão destinadas a pretos, pardos e indígenas e 10% a alunos de escolas públicas.

Fonte: Direito-USP aprova reserva de vagas raciais via Enem 2017 | VEJA.com

Anúncios

A ‘LEI de COTAS’ para NEGROS, INDÍGENAS e PARDOS. Sua aceitação na sociedade brasileira.

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

Pesquisa mostra que o Brasil tem evoluído politicamente: mais da metade da população já entende que a CRIAÇÃO DE DIREITOS aos cidadãos tornou-se realidade, fruto de um longo amadurecimento democrático.

Parabéns, Brasil! Parabéns pela aceitação da Lei de Cotas!

GRANDE NOTÍCIA!!

http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,62-apoiam-cotas-para-alunos-negros-pobres-e-da-escola-publica-diz-ibope,997758,0.htm

http://pt.wikipedia.org/wiki/Cota_racial

racabrasil,uol.com.br

racabrasil.uol.com.br

midiaindependente.org

midiaindependente.org

Sobre o conteúdo da Lei de Cotas:

 http://www.senado.gov.br/atividade/materia/getPDF.asp?t=112667&tp=1

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA. Desde 1971!

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

O presidente Lula costumava dizer, com frequência, que o povo brasileiro tinha uma dívida moral e social com todos os negros africanos que foram escravizados em nosso solo, dívida que, paulatinamente, teria que ser quitada com a criação de  direitos, voltados a eles e seus descendentes. Enquanto foram a força motriz da economia brasileira no Brasil Colonial e no Brasil Império, trabalharam arduamente nas culturas da cana-de-açúcar e do café, além da mineração. Durante 300 anos serviram aos seus senhores e senhoras debaixo da chibata. Quando da sua libertação, em 1888, nem sequer sabiam o que fazer com a tão sonhada liberdade, estavam soltos pelo Brasil inteiro, sem trabalho, pouso ou comida. A el@s, uma saudação de gratidão.

Museu de Arte de São Paulo. MASP
Avenida Paulista, o centro financeiro do Brasil, local dos antigos casarões dos barões do café do interior do estado de São Paulo. As fazendas do café eram movidas com a força escrava do negro africano.

A máscara de ferro foi um dos instrumentos de tortura durante a escravidão dos negros africanos no Brasil. Ela era retirada somente quando @ escrav@ ia se alimentar. Esta máscara também era usada pelos escravos que trabalhavam com a mineração a fim de não engolir diamantes e pedras preciosas das Minas Gerais, com os quais poderiam tentar comprar a sua liberdade. Deixo-lhes esta caricatura da escrava Anastácia, escrava elegante e de olhos azuis, em homenagem ao DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA, comemorado desde 1971 até hoje. No Calendário Escolar, a data foi oficialmente comemorada a partir da Lei 10.639/03, em 2003, durante o primeiro mandato do presidente Lula (2002-2006). Os municípios que desejam celebrar este dia podem fazê-lo como  ‘feriado municipal’.

arteeinspiracao.blogspot.com

Uma homenagem especial à escrava Anastácia, famosa por sua beleza, protegida por seus senhores, que criara muito ciúme entre as mulheres livres. Leiam abaixo!

http://principefutil.blogspot.com.br/2011/09/historia-da-escrava-anastacia.html

http://jus.com.br/revista/texto/9172/dia-da-consciencia-negra

ARQUIVO. A Lei de Cotas. A partir de hoje…

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

ARQUIVO

Hoje deve ser um dia histórico – um dos atos mais memoráveis do governo Dilma Rousseff acaba de ocorrer: a partir dessa data, 50% das vagas em Universidades Federais  serão concedidas a pessoas das raças negra, indígena e parda, a serem preenchidas paulatinamente até 2016.

Sei que o assunto é controverso, mas maior do que as opiniões individuais são as atitudes que tomam um governo realmente democrático, criando direitos a pessoas que nem sequer entendiam o seu significado em suas vidas.

Meu apoio público a Dilma Rousseff e ao Sistema de Cotas, permitindo que negros, indígenas e  pardos do Brasil estudem, como sempre desejaram, mas nunca haviam podido.

Dilma Rousseff
Presidenta do Brasil

http://g1.globo.com/educacao/noticia/2012/10/lei-de-cotas-nas-universidades-vai-ampliar-acesso-educacao-diz-dilma.html