Survivorman – No Rastro do ‘Pé Grande’ – Série Completa

Cientistas estudam o ‘Pé Grande’ nos USA

Monstros da Montanha – O Diabo Cherokee – YouTube

29 de Abril. ‘A história do nhoque da fortuna.’ – Sabor em Movimento

Você conhece a tradição do nhoque da fortuna? Simpatia famosa no Brasil, ela garante que, quem comer em pé as sete primeiras unidades de um nhoque no dia 29, pode fazer um pedido para cada massa ingerida. E não podemos nos esquecer da nota ou moeda, de qualquer valor, que deve estar embaixo do prato. […]

Fonte: A história do nhoque da fortuna – Sabor em Movimento

A Lenda da Vitória-Régia

Antropologia

 Pensando nas HISTÓRIAS, COSTUMES e TRADIÇÕES de cada povo e país.

A Lenda da Vitória-Régia

Havia uma índia, jovem e bonita, chamada Naiá, filha de um chefe indígena. Sabendo que a Lua era um guerreiro, por ele, ela se apaixonou. Todas as noites, por muito tempo, subia as colinas e perseguia a Lua na esperança de que a visse e a transformasse em estrela. Porém, a Lua não notava a sua presença e Naiá chorava de tristeza. Uma noite, a jovem chegou à beira de um lago e viu nas águas a imagem da Lua refletida. Ficou radiante. Acreditando que a Lua teria vindo buscá-la, atirou-se em suas águas profundas e nunca mais foi vista. Penalizada com o destino da bela índia, a Lua recompensou seu sacrifício, transformando-a em uma estrela diferente, em uma ‘estrela das águas’, que é a vitória-régia. A vitória-régia, planta amazônica, possui uma enorme folha e suas flores, ora brancas, amarelas, roxas, lilases ou rosas, abrem-se somente à noite, exalando um perfume delicado e agradável.

Origami & Folclore. São Paulo, Êxito, 2003.

Antropologia. A Esfinge. Pense antes de Falar!

A Esfinge

¨Decífra-me ou Devóro-te¨

A Esfinge, criatura mitológica com corpo de leão e cabeça humana, é uma imagem importante para as lendas e artes egípcias e gregas. Segundo a história grega, a Esfinge se encontrava junto a um monte, em Tebas. Sentada à beira do caminho, propunha uma adivinha a quem passasse e, como ninguém acertava, a todos devorava. Um dia apresentou-se Édipo e a Esfinge lhe perguntou:  

¨Qual é o animal que ora tem dois pés, ora três, ora quatro, e é tanto mais fraco quanto mais pés tem?¨

Édipo respondeu:

¨É o homem na idade madura, na velhice e na infância.¨

A Esfinge, enraivecida, precipitou-se da encosta e morreu despedaçada no vale.

(Apoio para esta aula: “O Livro dos Heróis para Crianças”. W.J.Bennett)

Museu do Louvre. Édipo e a Esfinge. Jean Auguste Dominique Ingres