Política e Ética. EPIDEMIA de DENGUE em CAMPINAS. De novo!!!

Cidadãos negligentes + políticos negligentes = Campinas.SP

¨Epidemia de dengue coloca Exército e reforço da Sucen em Campinas, SP

Cidade tem 2.793 confirmações da doença, segundo a Secretaria de Saúde.

Quadro clínico dos pacientes é considerado mais grave este ano.¨

Leandro Filippi

¨A epidemia de dengue, considerada “grave” pela Prefeitura, vai colocar 100 homens do Exército nas ruas e a equipe da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) será reforçada na cidade para combate dos focos do mosquito transmissor. Segundo a Secretaria de Saúde, as medidas começam na próxima semana e serão direcionadas à região Noroeste, onde há a maior parte dos registros da doença.

A administração municipal divulgou novo balanço nesta quinta-feira (3) e a cidade tem 2.793 casos confirmados, sendo 100 com sinais de alarme, quando a situação do paciente inspira mais cuidados. No levantamento anterior, de segunda-feira (1º), eram 2.140. Além disso, há 5.949 notificações de suspeita. Os municípios da Região Metropolitana de Campinas (RMC) concentram 25% dos registros da doença do Estado de São Paulo, segundo a Prefeitura.

Casos mais graves
“Estamos lidando com casos mais graves do que no ano passado do ponto de vista clínico”, disse o secretário de Saúde, Cármino de Souza. O conjunto de ações foi anunciado pela Prefeitura no período mais crítico, pois o mês de abril, historicamente, tem o maior aumento de registros. A morte de uma mulher de 78 anos, da região Sul, é investigada e a administração aguarda resultado de exames para confirmar se ocorreu em decorrência da doença.

Na avaliação do prefeito Jonas Donizette (PSB), não houve demora para iniciar um combate mais intensificado dos focos da doença. “Muitas dessas ações que eu anunciei, em casos de menor incidência, nós estaríamos controlando com as ações que tomamos e não incorporando essas novas”, disse. A Sucen tem seis equipes de três profissionais na cidade e, a partir da próxima semana, serão outras dez.

Caminhões de névoa
Ainda de acordo com a Prefeitura, o Exército vai trabalhar na selagem de caixas d’água. A Sucen também vai utilizar dois caminhões para aplicação de névoa na região Noroeste. O trabalho será feito a partir de quarta-feira (9), das 18h às 22h. Segundo a Secretaria de Saúde, a ação precisa ser realizada à noite porque o veneno degrada com o sol.

A Prefeitura orienta os moradores dos bairros onde o caminhão será utilizado a abrir portas e janelas das casas. Crianças, grávidas, idosos e pacientes com asma devem ficam em um cômodo fechado no momento do trabalho. Animais tem de ser colocados dentro da residência e é necessário cobrir a gaiola de pássaros.

Apesar disso, o secretário de Saúde disse que a toxicidade do produto utilizado é “baixíssima”. Segundo a Prefeitura, a população será orientada com carro de som, folders e folhetos sobre o trabalho que será realizado.¨

Todos os direitos reservados a http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao