ÉTICA. Doação de Órgãos. PETER SINGER

‘The Life You Can Save in 3 minutes by Peter Singer’

Peter Singer, filósofo utilitarista australiano, argumenta em favor da DOAÇÃO DE ÓRGÃOS.

Obrigada a Leo H.M. Arruda.

anda.jor.br

anda.jor.br

Ética – Chapeuzinho Vermelho e os cuidados na WEB… ¨Não conversem com estranhos¨!!

A história escrita por Charles Perrault, em 1697 (Século XVII), na França, ¨Chapeuzinho Vermelho¨, serve muito para os dias em que vivemos. Tenho recomendado, incansavelmente, aos meus alun@s que redobrem os cuidados ao navegar na WEB, afinal, não poderemos deixar de conhecer novas pessoas nem de falar com elas, já que praticamente estamos todos conectados, contudo, há que se saber o que dizer…

Obviamente que não retrocederemos no tempo, não mais viveremos enclausurados apenas nos livros, nem nas nossas antigas brincadeiras, incluem-se aqui TV, DVD, VIDEOGAMES, PIPA, PING-PONG, MICO, CORDA, PELADA, SKATE, CASINHA, BONECAS e outras tantas diversões, mas torna-se praticamente urgente que saibamos nos cuidar, nos proteger daqueles que não conhecemos e com os quais começamos a fazer contato. Todas as minhas reflexões (filosóficas…) me fazem chegar à conclusão de que nunca estivemos tão frágeis, mais do que a própria Chapeuzinho Vermelho, que ‘deu conversa para o lobo’ e também o endereço da sua vovó. Quanta ingenuidade.

Gostaria de deixar-lhes, meus pequen@s amig@s, este ¨post de carnaval¨. Cuidado redobrado é tudo o que lhes peço! Há muitos ‘lobos maus’ soltos na internet e cabe a nós identificá-los e sabermos lidar com eles. Dizem que é brincando que falamos as verdades. Hoje é um desses dias.

Podem rir, mas este assunto é sério! Muito sério.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

MENSAGEM: ¨Não converse com estranhos.¨

ATUALIZADA PARA:  Orkut, Twitter, MSN, Facebook, Badoo, entre outros.

 

ÉTICA e POLÍTICA. Filosofia Contemporânea. O Utilitarismo por LUÍS ALBERTO PELUSO. Universidade Federal do ABC

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

ÉTICA e POLÍTICA

FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA

O UTILITARISMO por LUÍS ALBERTO PELUSO. UFABC

http://youtu.be/-PL-Pkn7vQU?t=56s

Esse ano completei vinte anos como Mestra em Filosofia e devo-lhe muito por isso, Prof. Peluso. Estudar é um dos meus maiores prazeres e sua participação nessa trajetória sempre será lembrada. A propósito, em um dos primeiros encontros que tivemos em seu gabinete, para discutir qual autor utilitarista eu estudaria, o senhor, sem hesitar, me apontou John Stuart Mill. Me lembro de que me falara também de Harriet Taylor, no mesmo momento, mostrando-me a dedicatória que Mill lhe fizera no ¨Ensaio Sobre a Liberdade¨. Confesso que fiquei admirada, mas um tanto contrariada – até então eu teria preferido estudar J.Bentham, não entendia muito bem a dimensão da sua sugestão. Passaram-se alguns anos até me conhecer melhor e me convencer do seu insight, como fora certeiro. Eu e Mill tínhamos muito em comum. Aliás, eu, Mill e Harriet Taylor.

Atualmente, continuo estudando, frequentando as universidades circunvizinhas, sempre em contato com o mundo acadêmico e, ainda que nem tudo tenha saído como sonhei, o saldo me fora tão favorável que ainda usufruo daquilo que fora o começo, um feito, uma  ‘arrancada’, que eu exploraria de diversas maneiras até hoje. Nas palavras de Mill, talvez, ¨uma árvore que cresceria em todas as direções¨.

Gostaria que soubesse que desfruto de uma liberdade relativa, com pouco ou nenhum sofrimento; que me realizo diariamente, trabalhando ‘Filosofia com Crianças’, e que me lembrarei com carinho das aulas, debates e reuniões que o senhor idealizara para o grupo de mestrand@s da PUCC e bolsistas do CNPq, do qual eu também fiz parte.

Um abraço, meus respeitos e saudades.

ÉTICA – ¨O Utilitarismo em Foco. Um Encontro com seus Proponentes e Críticos¨. MARIA CECÍLIA MARINGONI DE CARVALHO (ORG.)

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

Uma das maiores satisfações minhas na internet é a de encontrar pessoas que eu julgava ‘escondidas’, em algum lugar do mundo, mas que eu não conseguiria mais ter notícias. Também, a de encontrar antigas e novas obras filosóficas, à mão, essas, que me dão tanto entusiasmo ao lê-las!!

Pois, há quinze dias atrás, tive o prazer de deparar-me com ¨UTILITARISMO EM FOCO – UM ENCONTRO COM SEUS PROPONENTES E CRÍTICOS¨ (Florianópolis, Editora da UFSC, 2007), organizado pela Profa. Maria Cecília Maringoni de Carvalho*, com quem eu aprendi o que sei sobre Lógica e Epistemologia, desde a graduação até o mestrado em Filosofia, na PUCCamp (1987-1993).

Completando vinte anos como Mestra, gostaria de deixar-lhe, Profa. Cecília, meus agradecimentos por esse livro que, obviamente, me enriquecerá ainda mais acerca do tema.

Ocorre-me agora comentar que, com alguma frequência, me lembro de K.Popper e do¨Problema da Indução¨; de falácias estudadas e,  principalmente, do dia em que me apresentara ao ¨MANIFIESTO HEDONISTA¨, de Esperanza Guisán, retirando-o de sua própria estante, época em que estivera lecionando em Campinas.SP. Esse livro, há que se dizer, modificou sobremaneira a minha trajetória acadêmica: conheci um novo país, fiz vári@s amig@s, deixei e trouxe muitas recordações.

Um forte abraço, meus cumprimentos e saudades!

¨Good things never grow old¨.

Maria Lúcia Dário

editora.ufsc.br/

editora.ufsc.br/

*http://www.bv.fapesp.br/pt/pesquisador/103739/maria-cecilia-maringoni-de-carvalho/

S.I.E.U. – Sociedad Iberoamericana de Estudios Utilistaristas. FiLóSoF@S IbErOaMeRiCaN@S CoMeMoRaM ViNTe AnOs de EsTuDoS UtiLiTaRiStAS Uma singela homenagem a Esperanza Guisán!

LIEBSTERBLOGAWARD MLD

Penso que é a pluralidade de ideias e ideais que impulsiona os debates científicos, políticos e filosóficos. Também penso que algumas ‘correntes’, ‘linhas’ ou ‘tendências’ filosóficas e políticas “são dignas de ser conhecidas; merecem ser conhecidas” (Profa. Maria Cecília Maringoni de Carvalho)O Utilitarismo é uma delas e, hoje, gostaria de prestar a minha homenagem especialmente à Profa. ESPERANZA GUISÁN, catedrática de Ética da Universidade de Santiago de Compostela e presidenta da Sociedad Iberoamericana de Estudios Utilitaristas (S.I.E.U.)Para mim, foi extremamente gratificante tê-la conhecido e convivido de forma tão próxima e intensa. Meus respeitos, muitos beijos e saudades, Esperanza.

Próxima Entradas mais recentes